Orquídeas raras e exóticas

Orquídeas raras e exóticas

Orquídeas raras e exóticas são aquelas orquídeas mais diferentes e difíceis de encontrar do grupo Orchidaceae, por isso são tão desejadas.

São consideradas raras, porque são espécies que não produzem sementes férteis, e por isso não conseguem se reproduzir facilmente.

orquideas-vanda-raras
orquideas-vanda-raras

Por isso, não são encontradas em qualquer lugar, nem vendidas em quaisquer orquidários ou floriculturas. Essas orquídeas nascem e se desenvolvem em lugares específicos, com condições naturais características, por isso dificulta um pouco o cultivo em outros locais.

Entretanto, as orquídeas consideradas plantas raras e exóticas são extremamente bonitas, com formatos e cores diversificados e perfumes únicos.

Portanto, essas plantas ornamentais, por serem raras, quando encontradas no mercado possuem valores altos para venda.

O que pode-se chegar até milhares de reais por cada muda, devido então sua raridade.

Cada orquídea possui peculiaridades e necessidades de cuidados diferentes no cultivo, por isso se deve dar uma atenção especial para cada uma.

Especies de orquideas raras

Algumas especies de orquídeas raras são mais conhecidas que outras, portanto lhe apresentaremos algumas dessas belíssimas espécies.

Existe uma espécie chamada popularmente de Orquídea dourada de Kinabalu, pois ela só aparece no Parque Nacional de Kinabalu, na Malásia.

É uma orquídea que demora cerca de 15 anos para florescer, gosta de locais úmidos para se desenvolver, sendo então extremamente cara.

Dendrophylax Lindenii é uma das orquídeas raras e exóticas conhecida como orquídea fantasma porque sua estrutura que é somente a raiz e a flor branca.

É uma espécie epífita de crescimento monopodial que possui uma flor grande e com fragrância de maçã. Gosta de ser cultivada em lugares úmidos e abafados, normalmente florestas. É originária do sul da Flórida.

flores-exóticas-e-raras
flores-exóticas-e-raras

A espécie Habenaria repens é a única orquídea aquática descoberta. Ela se encontra na Costa Rica, e gosta de clima subtropical para o seu desenvolvimento. É a única orquídea que consegue sobreviver a extrema umidade, com capacidade de hibernar e depois voltar a florescer em um ritmo muito rápido.

Acianthera aphthosa é outra espécie entre as orquídeas raras e exóticas encontrada no sul e sudeste do Brasil.

Possui crescimento cespitoso, caules secundários e inflorescência com poucas ou muitas flores.

As cores são bem diversificadas, mas normalmente são escuras.

Como cuidar dessas Orquídeas?

Como cuidar de orquídeas raras e exóticas ? É uma dúvida frequente, principalmente quando se trata de orquídeas um pouco mais complicadas de cultivar.

Em primeiro lugar, devemos saber qual o habitat natural da orquídea que você está cultivando, que tipo de clima ela prefere, ambiente, frequência de regas, adubo, etc.

Cada cuidado varia com a espécie, por isso é importante primeiramente identificar qual espécime você tem.

Contudo, existem alguns cuidados que são gerais para as orquídeas.

Por exemplo, normalmente, encharcar uma orquídea é muito pior do que deixá-la sem água, por isso sempre verifique se sua orquídea precisa ser molhada antes de regá-la e crie uma rotina de regas.

E tenha em mente que a variação climática influencia bastante, isso também vale para a adubação.

fotos-de-orquideas
fotos-de-orquideas

O local onde a orquídea ficará também é um aspecto muito importante para a sobrevivência da sua planta. Nunca coloque em um lugar que receba luz direta o dia inteiro, pois isso queima as folhas das orquídeas. O ideal é mantê-las em lugares sombreados, mas que recebam luz indiretamente durante a parte da manhã.

orquídeas raras e exoticas

Sempre na hora de cultivar uma orquídea lembre-se que, acima de tudo, ela precisará de amor e dedicação.

Os cuidados com as orquídeas são importantes e necessários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *